A MODA EM VILA REAL

Num ambiente de grande azáfama e com o Natal à porta, deslocamo-nos até à Rua Direita de Vila Real, que actualmente trata-se de um espaço onde se concentram as principais lojas de comércio tradicional têxtil. Junto de alguns comerciantes ficamos a saber qual a opinião que estes têm acerca da moda actual.
Apesar da pouca disponibilidade por parte dos comerciantes da Rua Direita, a “Casa do Chinês”, “Pesponto” e “Benetton” foram as lojas que nos receberam em ambiente de muito trabalho.

“Casa do Chinês”

Em que ano abriu este estabelecimento?
“É centenário, abriu sensivelmente há 100 anos…Fez portanto 100 anos em Maio do ano passado…”
O que o levou a criar este negócio?
“Bem…isso é uma pergunta muito complexa! Ora, a pessoa, portanto…acontece que lança-se no mercado de trabalho e teve uma opção… Esta casa começou com uma mercearia e a casa de nome “Casa do Chinês” tem um significado muito completo, pois o dono daquela altura viajou para um certo e determinado lugar. E um chinês articulado que ele comprou para oferecer a uma neta lembrou-se de o colocar na montra, trazia um pauzinho e batia na montra. Ora, as pessoas diziam: “Olha, vais comprar o arroz à “Casa do chinês”.
Qual é a sua opinião acerca da moda actual?
“A moda é uma coisa muito complexa…a moda é tudo aquilo que a pessoa gosta! A moda é feita de qualquer coisa!”

“Pesponto”

Qual a sua opinião acerca da Moda actual?
“Acho que cada vez está a evoluir mais e cada vez mais gosto da moda actual.”
Acha que a crise económica leva as pessoas a não estarem na moda?
“Leva, bastante…”
As grandes superfícies comerciais como o shopping vieram afectar o comércio tradicional?
“É assim… Em certa parte já achei que o shopping nos veio afectar bastante, mas agora já penso de maneira diferente, acho que é mesmo a crise, não tem nada a ver com o Shopping.”
Qual é a altura do ano em que regista um maior número de vendas?
“Por volta de Agosto e Dezembro.”
Em Portugal, acha que existem bons estilistas?
“Sim, temos bons estilistas…”
O que lhe agrada mais?
“Gosto muito da Fátima Lopes… um bocadinho de cada! Depois, é claro, nem toda a roupa da Fátima Lopes gosto, se calhar tirava um bocadinho de cada estilista e compunha um bocadinho a minha própria imagem, também gostava.”

“Benneton”

Qual a sua opinião acerca da moda actual?
“Acho que depende do gosto de cada um, embora, acho que este ano, as cores da moda actual estão muito escuras e as pessoas queixam-se das cores. No outro ano acho que as cores eram mais alegres, mas acho que a moda está gira.”
Acha que a crise económica leva as pessoas a não estarem na moda?
“Acho que a crise económica leva as pessoas, se calhar, a não comprarem roupa tão cara que está na moda, embora acho que há sítios que têm preços bastante acessíveis para que as pessoas consigam estar dentro do estilo que está na moda.”
Acha que as grandes superfícies comerciais como o shopping vieram afectar o comércio tradicional?
“Acho que sim…”
Porquê?
“Porque as pessoas concentram-se mais em sítios onde esteja quentinho, neste caso o Shopping e acho que depois não têm de se deslocar para outros sítios, porque têm ali a maior parte das lojas e podem lá fazer as compras de tudo. Depois, também há lojas que têm preços mais acessíveis, se calhar mais que algumas lojas na Rua Direita.”
Em Portugal, acha que existem bons estilistas?
“Acho…se calhar não são é tão conhecidos lá fora, mas acho que pouco a pouco vai começar a mudar.”

~ por modacc08 em 26 de Novembro de 2008.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: